Uma coisa que eu gosto na meditação é a forma como ela traz você de volta para você mesmo. A ioga tem a mesma função, mas é necessário que você tenha um espaço especial com esteira e bastante tempo. O que nós precisamos muitas vezes é de uma maneira de se acalmar, de se reconectar, no meio de uma rotina diária cheia de compromissos.

Simplesmente parando o fluxo dos seus pensamentos. Mas não... não se pode pará-los. Não é essa a palavra certa. Na verdade, você fica consciente dos seus pensamentos, você os olha e começa a ter uma sensação de controle. Ah, então é isso que minha mente está fazendo o tempo todo. É como se sua mente fosse outra coisa, que você não pode ver e que controla você.

Se você se acalma, fecha os olhos e presta atenção à sua respiração, seus pensamentos continuam presentes, mas você pode aos poucos se separar deles, vê-los como se estivesse de fora. Nessa hora, o você verdadeiro assume e você passa a se lembra quem realmente é!

É lindo, calmante e energizante. Não importa o que está acontecendo na sua vida, se você consegue se distanciar dela por apenas alguns minutos, você vai ver que isto é simplesmente como as coisas são, para todo o mundo, e você pode lidar com isso.


Por Mike Watkins

Sócio-fundador do Inspire. 

Comente: